Trabalhando com informação nas empresas

Continuamos ouvindo palavras como „era da informação“, „tecnologia da informação“, „conhecimento <$> foi poder“ etc. A ideia de que informação é tudo já permanecequeda embutida em nossa consciência. Mas este que fazer com essa informação e por que ela foi necessária em última instância e o que é especialmente em geral?

A tecnologia da informação permite que o visitante transforme uma variedade de dados em informações operacionais e confiáveis para a tomada por decisões.

Quatro ferramentas de diagnóstico são necessárias para esse propósito: informações financeiras básicas, informações de desempenho, informações de conhecimento crítico e informações do alocação do recursos. Juntos, eles finalizam um argumento de ferramentas de trabalho para a gestão <$> de uma empresa operacional.

>>$

Novas tecnologias são dispositivos do processamento de dados de que se destinam principalmente ao usuário individual. Quando falamos de informação, estamos falando principalmente por informação para a companhia. No entanto, as informações necessárias para o trabalho do gestão desempenham um papel igualmente essencial – e também para todos estes trabalhadores do conhecimento. Na verdade, a informação é especialmente um refugio fundamental para os trabalhadores intelectuais, especialmente a administração. As informações conectam os funcionários entre si e com toda a organização. Em outras palavras, a saber permite que os trabalhadores do conhecimento façam seu trabalho.

Já está claro hoje de que ninguém, a não ser ele precisamente, pode prover aos profissionais do saber e à administração as informações de que precisam. Infelizmente, poucos líderes pensam a respeito de que tipo de informação eles precisam e saiba como desenvolver princípios para sua organização, e não têm a possibilidade de haver dúvida. A administração prefere transferir esse manejorefregatráfego para aqueles que fornecem informações – os entendidos na matéria em tecnologia da informação e os contadores.

No entanto, os provedores de dados nem em algum momento sabem do quais dados o usuário precisa, quais dados se tornarão não apenas informações para ele, mas também informações. Somente o próprio trabalhador do conhecimento e apenas este próprio gerente podem converter diferentes dados em informações. E somente o próprio trabalhador <$> do saber, e especialmente o gerente, pode deliberar como organizar essas informações para que se tornem a chave para uma ação eficaz.

Muitas vezes, as informações são simplesmente confundidas com uma grande quantidade de dados. A diferença entre alguns dados e informações foi praticamente a mesma que uma lista telefônica usando milhões do nomes e sobrenomes, terreno de trabalho e o endereço da pessoa que você precisa. O gerenciamento precisa aprender duas lições: primeiro, ele precisa remover dados de que não sejam relevantes para o tópico desejado. Em segundo lugar, os dados precisam ser organizados, analisados, interpretados e só então usados para tomar decisões sobre ações, porque coletamos informações não para acumular conhecimento, contudo para consumir a ação certa.

Deve-se notar de que as salas de dados virtuais desempenham um enorme papel no trabalho usando informações nos dias que correm. A confiabilidade da proteção de dados, a habilidade de resolver problemas quase de imediato e a velocidade das operações comerciais são as principais vantagens do VDR <$>. E em um globo no qual a saber, talvez este recurso mais valioso, tais propriedades são particularmente solicitadas <$>.